quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Felicidade

"Não existem causas externas da felicidade e da infelicidade; elas são apenas desculpas. Aos poucos chegamos a perceber que é algo dentro de nós que fica mudando e que isso nada tem a ver com circunstâncias externas.

O modo como você se sente é algo que está dentro de você, uma roda que fica a girar. Observe-a simplesmente - e isso é muito belo, porque, ao ficar consciente dela, algo é alcançado. Agora você compreende que está livre de desculpas externas, porque nada aconteceu no exterior e, mesmo assim, seu estado de ânimo mudou, em minutos, da felicidade para a infelicidade, ou o contrário.Isso significa que felicidade e infelicidade são estados de ânimo e não dependem do exterior. Esse é um dos pontos mais básicos a serem percebidos, porque, a partir dessa percepção, muito pode ser feito. O segundo ponto a ser entendio é que seu estado de ânimo depende de sua inconsciência. Assim, apenas observe e fique consciente. Se a felicidade estiver presente, observe-a apenas e não se identifique com ela.

Quando a infelicidade estiver presente, novamente observe apenas. É como a manhã e o entardecer. Pela manhã você observa e desfruta o alvorecer. Quando o sol se põe e vem a escuridão, isso também você observa e desfruta."


Osho

1 comentários:

B R E N A disse...

Eu adoro a Martha Medeiros também!!!
=D